31/05/2017

A GAROTA DO CALENDÁRIO - MAIO

Olá queridos, como vão?

Enfim ultimo dia do mês de Maio mas como não posso deixar de publicar hoje tem resenha de mais um volume da série da Garota do Calendário mês de Maio. Então vamos para o que interessa?





FICHA TÉCNICA


Título: A Garota do Calendário, Maio
Título Original: Calendar Girl, May 
Autor(a): Audrey Carlan
Coleção: A Garota do Calendário #5
Gênero: Literatura Estrangeira - Romance, Erótico
Páginas: 144 | Editora: Verus 






SINOPSE

O quinto volume do fenômeno editorial nos Estados Unidos, com mais de 3 milhões de cópias vendidas Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Em maio, Mia vai trabalhar como modelo no Havaí, onde conhecerá Tai, um dos homens mais impressionantes que ela já viu. Com ele, Mia vai descobrir que o prazer não tem limites — e que ela deve aproveitar absolutamente tudo o que a vida tem a oferecer.
                                                                 **************



No mês de Maio nossa querida Mia, foi contrata para ser modelo de uma campanha de biquíni de uma grande e famosa marca, E essa campanha será no paraíso chamado Hawaí , e o melhor ela ´pode levar acompanhantes que nesse caso será a irmã Maddy e sua amiga Gin. 

E logo que chega no ambiente de trabalho se impressiona com a beleza de um modelo samoano chamado Tai Niko, absurdamente sexy, de pele bronzeada e de pele tatuada ,assim como descreve nossa protagonista,  E logo a atração entre os dois serão mutuas e o fogo acendeu entre eles.


“Não era amor que nos mantinha agarrados um ao outro. Era amizade, desejo e felicidade.”



OPINIÃO DA GI:

Esse mês foi um dos meses que eu particularmente mais gostei, além da nossa  querida Mia se entregar para esse Deus samoano, ela aprendeu e nós também sobre a cultura deles, o que representa família, e ele o verdadeiro sinônimo de amizade.
E fez com que Mia acreditasse na sua jornada e ver de fato o que ela quer para o seu futuro. Fora que ri muito com alguns pensamentos da Mia, sobre o sexo selvagem com o Tai.
A autora Audrey foi me conquistando a cada livro e esse tivemos uma série de passagens que nos fizeram pensar e refletir .
 E que venha Junho.....

E  vocês já leram? O que acharam?

Até a próxima!

Beigiginhos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário