19/01/2018

Não Conte para a Mamãe - Memórias de Uma Infância Perdida

Olá queridos leitores, como estão? Espero que muito bem.
Nosso livro de hoje conta sobre uma história real e pesada que talvez nas décadas anteriores não fosse tão divulgada e encarada com a gravidade que a encaremos hoje. E que infelizmente ainda acontece e muito nos dias de hoje. O livro " Não Conte para a Mamãe."




Ficha Técnica

Título: Não Conte para a Mamãe - Memórias de Uma Infância Perdida
Título Original: Don't Tell Mummy - A True Story of the Ultimate Betrayal
Autora: Maguire, Toni
Editora: Bertrand
Numero de Paginas: 308
Ano: 2012


Sinopse


Quando aconteceu pela primeira vez, a pequena e inocente Antoniette tinha apenas seis anos. Apesar da tenra idade, tudo ficou gravado em sua memória, o tempo nada dissipou: os detalhes, os sentimentos, a dor. Foi a primeira de muitas, incontáveis vezes. Não conte para a mamãe, de Toni Maguire, desvela a comovente história de um infância idílica que mascarava uma terrível verdade.
Toni Maguire, inglesa hoje na casa dos 60 anos, nos conta como foi a triste e terrível história da sua adolescência. Toni, também conhecida como Antoinette, resolve apagar sua história da memória, bloqueá-la e se torne Toni uma mulher forte e bem sucedida. Mas com a internação da sua mãe que está a morrer Antoinette volta a visitá-la. Toni espera ouvir o perdão da mãe, pois no fundo sabe que ela tinha ciência do que o pai a obrigava fazer.
No hospital mesmo depois de tantos anos sem o ver, Toni ainda sente a repulsa e o medo que Antoinette sentia do papá. 
E ainda dói saber que a mãe ainda tem um amor infinito por aquele homem é tão superior ao que sente por ela, mesmo depois de tudo que ele fez.
Aos seis anos ele a força a beijá-lo, ela conta a mãe que simplesmente diz:

"Nunca, nunca mais fale isso de novo, está bem?".

Antoinette bloqueia essa atitude da mãe na mente. Algum tempo depois o pai a abusa, só que desta vez a menina não tenta contar para a mãe e seu papá ( o maldito) sempre colocou medo nela.

"Não vá contar para sua mãe, minha menina, isso é um segredo nosso. Se contar, ela não vai acreditar em você. Não vai mais amar você."

E no fundo ela já sabia que ele estava certo.




Opinião da Byh

Não me lembro de ter lido um livro tão forte em toda minha vida, e não para por aí, pois Maguire escreveu outros contando mais partes de sua infância como em, "Quando Papá Voltar."
Antoinette é uma criança que em sua primeira infância vive feliz e se sente amada enquanto ainda é rodeada e protegida por sua avó materna e sua mãe, porém quando seu pai volta da guerra tudo muda. Não tem como não se horrorizar e sentir tanto ódio da mãe,quanto toda mistura de sentimentos ruins pela mãe (isso na minha visão), mas Antoinette a ama. Quanto ao seu papá ela o evitava, sentia nojo e repulsa. Mas o que uma criança na década de 50 poderia fazer?

 Hoje as crianças que sofrem abuso, sendo meninas ou não, algumas, infelizmente sabemos que não são todas, arrumam forças e coragem de enfrentar e contar a alguém sobre o que passa, ou já passaram. Na época em que aconteceu isso com Antoinette não era assim. E, caro leitor, saber disso dói muito.
A parte na qual travei a primeira vez a leitura foi quando entendi que  seu pai começou a lhe dar moedas depois que a abusava à noite. Certa noite Antoinette explodiu, esbravejou...

"Não quero dinheiro nenhum ... Não quero que me faças isto. - Ao
sentir a histeria a crescer, continuei a suplicar. - Por favor, por favor, não me
faças mais isto. Magoas-me."

Imaginem o quanto foi difícil ler essa cena em um transporte público e não conseguir segurar as lágrimas. Todas as cenas contadas para mim são fortes. Vi em algum grupo numa rede social, algumas pessoas insanas dizer que não viu nada de mais na história?
Que não é impactante já que vemos isso acontecer o tempo todo. Sei que temos de respeitar a opinião dos outros, mas leitores... quero que entendam, são cenas fortes por sabermos que se trata de um estupro, porém a escritora não está relatando um romance hot, e sim um estupro a uma criança, então não esperem tantos detalhes do ato do estupro, particularmente é um alivio ela não dar tantos detalhes, mas alguns podem querer mais "explicado" talvez, nem sei qual termo certo usar.
Antoinette só consegue se livrar do pai ao descobrir que está grávida.
Voltando a citar a década da história, o absurdo e o choque que sentimos não acaba, pois nesta década alguns da sociedade não tinham a visão de que a vítima do estrupo é quem está sendo estrupada, que uma mulher e ainda mais uma criança independente de quanto tempo o fato ocorreu. O pesadelo de Antoinette não havia acabado...
Fiquei feliz em saber que mesmo tarde, Toni superou o trauma, conseguiu seguir adiante, mesmo ainda sofrendo todas as consequências e perdas, que não foram poucas.
Se indico esse livro? Sim. Mas aviso... Esteja preparado.
Leiam e nos conte o que achou dessa história real. 

Bjos 











15/01/2018

Lançamento Musical da 2ª semana de janeiro:

Olá leitores como vão? Espero que se encontrem bem, preparados para a novidades musicais das 2ª semana do mês de janeiro?

 Internacional

Justin Timberlake lança clipe futuristaspara "Filthy", primeiro single de seu novo álbum

"Man of The Woods" é o título do novo álbum do músico americano. Mas não, Justin não vai transformar-se em Bon Iver, como alguns temiam. "Filthy", a nova canção, explica porquê. E explica muito bem.
É isso. “Filthy” explica porquê. “Filthy” explica o que é que Justin Timberlake vai fazer quando regressar com o novo álbum, Man of the Woods, a 2 de fevereiro. E não tem nada a ver com uma transformação numa espécie de cantautor dos bosques, que se redescobriu por alguma razão mística, como muitos temiam (o twitter encheu-se de desabafos desse género nos últimos dias, depois da confirmação de que o músico iria regressar aos álbuns). Pelo menos não a julgar pelo primeiro single.
“Filthy” é um funk sujo cheio de suor digital. E o vídeo que acompanha a canção junta tudo isso com um robot que não é bem um robot, porque dança como o homem que o controla. É isso. R&B do século XXI, com os tiques todos das décadas que ficaram para trás, futurista mas não só. E aquele baixo, gente, aquele baixo. Claro, quem ouve isto acredita facilmente que vai conseguir fazer aqueles passos de dança.
O músico já teve um disco com o título Futuresex mas no campeonato do futuro sexual nunca tinha sido tão evidente como neste vídeo realizado por Mark Romanek. A bem dizer, era difícil fazer mais sentido e ser mais atual do que isto. E isto não é só sexy techy, baby, não é não. Vai bem mais longe.
Ainda assim, dentro do gênero bandido, Timberlake mantém um bom nível de educação. Talvez não seja preciso fecharem as vossa filhas em casa como nos tempos dos Rolling Stones, mas cada um sabe de si. Até porque a dada altura, nesta canção “Fil
thy”, o homem canta: “whatchu gonna do with all that meat?”. E a partir daqui cada um tire as suas conclusões. Mas calma, que pode ser só ele a brincar com a malta, a jogar com referências à obra de outros músicos ou às coisas da carne que não essas que estão a pensar. O jogo duplo fica-lhe bem e dá pontos extra às canções.
“Man of the Woods”, de Justin Timberlake, tem edição agendada para 2 de fevereiro
Fica por confirmar se todo o disco vai ter este balanço crazy sexy cool etecetera, mas até ver, além de ir muito bem, mostra que Justin Timberlake é o de sempre, mas a fazer uma ótima conta de somar, juntando a experiência e a vontade que foi acumulando ao longo dos anos para dar pistas de mais ambição criativa. A capa do disco mostra o artista dividido em dois, e isso pode significar tanto como pode não significar nada. E é também por isso que isto da música pop dá tanto gozo.
Para saber mais sobre o novo disco, não há grande hipótese a não ser este curto minuto.

OPINIÃO MARI: 

Amo com todas as forças do mundo, meu ex- N´ Sync Justin Timberlake...
Sobre Filthy sou suspeita a falar, uma batida cheia de dança, mega produção o clip...
Também fica por confirmar se todo o disco vai ter este balanço louco sexy cool, etc...
Mas além, de ir muito bem, mostra que Justin Timberlake é o de sempre, juntando uma experiência e vontade que foi acumulando ao longo dos anos para pistas de mais ambição criativa.
A capa do disco mostra o artista dividido em dois...O que significa einh? Ficamos curiosas. E é também por isso que está na música pop dá tanta vontade.

Nacional


Simone e Simaria lançam clipe com Alok, Whindersson Nunes e a namorada, Luísa Sonza


Simone e Simaria lançaram nesta sexta-feira (5) o clipe de “Paga de solteiro feliz”, nova música da dupla sertaneja. O vídeo é protagonizado pelo youtuber Whindersson Nunes e sua namorada, a cantora Luísa Sonza.
A música, que foi lançada horas antes nas plataformas digitais, tem participação do DJ Alok.
O último clipe da dupla foi “Regime Fechado”, lançado em agosto de 2017. Com esta música, Simone e Simaria ficaram na 8ª colocação das músicas mais tocadas do ano de 2017 pela Crowley.
A dupla garantiu bons números também com “Loka”, ficando em 7º pela contagem da Crowley e, em 1º, Connect Mix.
A Crowley é a empresa de monitoramento de rádio mais tradicional do mercado brasileiro, com atividade desde 1997. A Connectmix divulga desde o final de 2014 os seus rankings de rádios, com foco no monitoramento em tempo real da execução das faixas.
“Estamos tão felizes com este resultado, migles. A ideia de ‘Loka’ era trazer uma música com a mistura de reggaeton com sertanejo. Lembro que ficávamos dentro do carro cantando toda hora. Simone queria gravar imediatamente, mas eu tinha algo na cabeça que ninguém imaginava. Então, decidimos esperar. Sabíamos que seria ideal termos a Anitta, nossa truta. E assim criamos a atmosfera perfeita. O ‘Regime Fechado’ foi para fugir do clichê e gravar em estilo Velho Oeste. Não podíamos ter escolhido lugar melhor. O retorno da música, com o clipe, surpreendeu demais e estamos muito felizes com a repercussão”, comemorou Simaria, ao G1, sobre os bons números do ano.

OPINIÃO MARI: 

Depois de ouvir a música mais de três vezes, realmente ficou viciante, batidas top do Alok, realmente amei....Agora com esse elenco Alok, Luiza e Whindersson, aí sim ficou show e vai ser estouro...Vem aí mais um sucesso das "Coleguinhas".


FONTE: OBSERVADOR
FONTE: G1



Tudo Por você

Olá gatinhas e gatinhos!
Tudo bem com vocês? Eu espero que sim, estou tão animada com a resenha de hoje. 

Quero contar para vocês sobre um livro delicioso que eu descobri por acaso e que eu quero muito que vocês conheçam também. O livro se chama “Tudo por você”:


Ficha técnica
Título: Tudo Por Você
Autora: Vivi Cordeiro
Editora: 
Ano: 2014
Número de páginas: 299



Sinopse:


O que você faria por amor? Até que ponto você iria pela felicidade do outro? Uma festa, um olhar, a descoberta do amor. Você nunca sabe onde irá encontrá-lo.

Tatiane é uma garota decidida que batalha pelo que quer e sonha em ter sua carreira de sucesso como publicitária, é divertida e ama a vida em todas as suas formas. Uma morena de virar o pescoço e como tantas outras deseja encontrar um cara que te tire o fôlego e roube seu coração. 

Rafael é um motociclista que enlouquece as mulheres que o veem passar. Um cara quente, que nunca se prendeu a nenhuma garota, pois a cada festa estava sempre com uma diferente. Um bad boy que todas queriam em sua cama, mas nenhuma tinha o seu coração. 

O que eles têm em comum?

Acreditam no amor verdadeiro e que irão encontrá-lo um dia. Bastou um olhar e eles foram fisgados, só não se deram conta disso ainda. Eles não sabiam os motivos, mas aquele olhar foi o bastante para começar a ter as repostas que procuravam, era ela, era ele. Duas almas que finalmente se encontraram. Mas, o destino prega peças e tudo pode mudar. Sonhos de um futuro feliz serão quebrados e este amor será colocado à prova. O amor e a felicidade estão em jogo agora.

E você? Abdicaria de sua felicidade em prol da felicidade de quem você ama?
É o que você faria?




Fofos e quentes. Assim podemos definir Tatiane e Rafael.
Ela é uma morena sexy e que está sempre preocupada com o bem estar das pessoas que ama. Ele é um Deus grego com um coração bondoso que não cabe no peito. Os dois juntos elevam tanto a temperatura e minutos depois conseguem ser meigos como um casal de adolescentes.
Eles são o tipo de casal que a gente se apaixona completamente, torce logo de cara para que nada dê errado e se delicia com cada experiência nova que vivenciam juntos.
Paralela à história dos dois, nos envolvemos também com outros 3 casais amigos dos protagonistas: Márcia e Daniel, Letícia e Cristiano, Camila e Renato. 

Opinião da Aline

Encontrei no "Tudo por você" as doses certas de doce e de pimenta. Livro delicioso (assim como o Rafael!) que a gente vai lendo, vai gostando, se envolvendo e nem percebe o tempo passar. Sabemos desde o começo que a Tati e o Rafa foram feitos um para o outro e queremos viver mais e mais o amor intenso deles.
Mas nenhum relacionamento é perfeito e assim eles são levados a enfrentarem dificuldades que vão colocar o amor, os sonhos e os valores deles à prova.
Estou com muita dificuldade de resenhar esse livro sem dar muitos detalhes da história para não estragar a leitura de vocês, a minha vontade é ficar aqui a noite inteira e contar toda a história para vocês suspirarem e sofrerem junto comigo. 

O que posso fazer é recomendar que vocês comprem os dois livros da Vivi e montem na garupa desse casal delicioso!



02/01/2018

Resenha Coletiva : O Proibido

Olá meus queridos leitores! Como vocês estão? Espero que todos estejam muito bem!
E hoje vamos fazer uma resenha coletiva isso mesmo que vocês estão lendo...Ela funciona assim primeiramente como uma resenha normal, e eu e mais as minhas colaboradoras darão cada uma sua opinião quanto ao livro...E ai vamos lá?


FICHA TÉCNICA

Nome Original: Forbidden
Nome Traduzido: Proibido
Autora: Tabitha Suzuma
Número de páginas: 308
Editora : Valentina



Sinopse


Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis.

Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes.

Eles são irmão e irmã.

Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dramatúrgico, Suzuma tece uma tapeçaria visceralmente humana, fazendo pouco a pouco aflorar dos fios simples do quotidiano um assombroso mito eterno em toda a sua riqueza, mistério e profundidade.

OPINIÃO DA ALINE:

A autora soube descrever com total sutileza e com tamanha beleza a vida tão sofrida desses jovens obrigados a amadurecerem e exercerem o papel daqueles que deveriam ser os mantenedores do lar, enquanto esses são relapsos e indiferentes. Impossível não se imaginar dizendo algumas verdades para os pais dessas crianças. 
Com relação à Maya considerei uma construção de personagem com características típicas das princesas de conto de fadas, sendo ela meiga, carinhosa, apaziguadora, decidida, sonhadora. Quando Maya percebe seu amor, mesmo receosa com todo o tabu entorno deles, ela vê a beleza do sentimento e busca a felicidade de todos.
Já Lochan é um personagem complexo, extremamente antissocial, inseguro, confuso, fechado. Nada daquilo que se espera para um mocinho, porém ele é aquele que coloca a segurança e a união da família acima de tudo. Isso o faz sofrer imensamente pelo incesto, ciente de que pode desestruturar toda a família e separar os irmãos mais novos, ele busca fugir desse amor do jeito que pode.
Quanto à escrita da Suzuma eu gostei bastante. Me agradam os livros que dividem o ponto de vista dos personagens, pois acredito que ficamos mais conectados com o que cada um sente, coisa que não costuma acontecer tão intensamente quando o livro é narrado apenas por um ponto de vista. 

Entretanto a obra não me agradou por completo, no final do livro considero que a autora correu demais com os acontecimentos, não deixando o leitor sentir as emoções do momento, sofrer com os personagens. Os incidentes acabaram parecendo muito superficiais para mim, assim sendo, apesar do tema polêmico do incesto, esse livro não teve para mim o impacto esperado, principalmente após ter obtido tanto sucesso de crítica entre blogueiros.

OPINIÃO DA BYH:



Por mais que este não seja um romance e um tipo de amor que não estamos acostumados a ver, este livro nos faz pensar e repensar sobre nossa opinião quando o assunto é Amor e todas as suas dimensões, até aonde ele pode ir e nos levar, até aonde é correto amar, a quem é correto amar. Pois estes são alguns tipos de questionamentos que desde sempre nos fazemos, já que a sociedade e seus pré-conceitos nos levam a indagar essas questões.
Juntando tudo o que posso dizer sobre o que aprendi nesse livro é que, desde que seja puro toda forma de amor é válida. 

Mas também tenho algo a criticar, a autora poderia nos levar a entender melhor seu final, relatar melhor os últimos acontecimentos com Maya, Lochan e seus irmãos. Mesmo com isso, não tem como você não se entregar a história e chorar a partir do momento em que os acontecimentos tomam proporções inesperadas.



OPINIÃO DA GI:

Desde o ano passado nessa época estava tentando comprar esse livro, até pedir no amigo secreto, mas meu amigo não comprou, então comprei no meio do ano, e foram muitas indicações, foi uma leitura muito rápida mas quem em diversos momentos tive que parar pois não conseguia para de sofrer com esses personagens Maya e Lochan, dois adolescentes que se viram obrigados a assumirem a responsabilidades dos pais de criarem os irmãos mais novos, devido os pais não atuarem nesses papéis e com isso um relação desses dois adolescentes mudaram não apenas de irmãos e sim de namorados, isso mesmo relacionamento incestuoso, mas o leitor tem que ter a sensibilidade e a cabeça aberta para ler esse livro sem preconceito e deixar ser levado nessa leitura e escrita ótima da Tabitha. 

E Adorei o livro achei apenas que a autora me deixou um pouco perdida no final que achei surpreendente, mas ele foi o segundo livro favorito de 2017.

OPINIÃO DA MARI:

Sabe aquele medo, frio na barriga para terminar um livro como proibido? Sim eu tive..
 Mas, terminei ontem.... O que dizer ? O que meu coração está sentindo de fato dentro dele? Sobre essa grande história....
Proibido, é algo fora da realidade, fora de tudo que já li até hoje, nunca sofri nunca chorei tanto lendo um livro. Quando eu resolvi ler, abrir minha mente e me entreguei, pois só assim consegui vivenciá-lo na sua forma mais completa e de fato mergulhar nessa história. Logo no início foi perturbador, vivi em uma guerra interior se devia prosseguir ou não, por que de fato me abalou um bocado. Ainda bem que dei continuidade, apesar de sofrer a cada virada de página, aprendi demais com o amor e o altruísmo dos dois, principalmente do Lochan. Ai que difícil, esse personagem fantástico, cheio de amor. Sem sombra de dúvidas, Lochie foi para mim, o personagem mais marcante até hoje.
Outra coisa que me marcou bastante, foi a vida dessas pobres crianças o abandono e o sofrimento deles por causa desses dois que geraram eles (que não merecem nunca serem chamados de pais) é algo inconcebível, e foi aí que eu me peguei pensando se a única maneira que eles encontraram de serem minimamente felizes é tão errada assim. O final acabou com todas as minhas estruturas! Ainda estou digerindo tudo, mas o livro vale a leitura, no mínimo faz a gente pensar bastante.
O livro é marcante. A história é batida, mas me conquistou pela forma que foi contada. A autora é um destaque! É o amor proibido mais lindo que já li. Chorei litros.




27/12/2017

Músicas Mais Tocadas Em 2017

Olá queridos ano de 2017 acabando e tivemos muitas novidades musicais e aqui está as mais tocadas neste ano...

TOP 5* NACIONAIS 

5º LUGAR: PABLLO VITTAR - K.O.


                A música K.O., lançamento 2017 de Pabllo Vittar, é uma canção do cantor brasileiro que ganhou clipe oficial e está fazendo sucesso. Num ritmo que traz uma mistura contagiante de pop e forró, o som tem destaque para sua melodia e para o seu refrão. Falando na letra de uma pessoa que foi a nocaute com a força do amor que recebeu de outra pessoa, a sensação é tão boa que ela quer isso a noite inteira. Na voz de Pabllo Vittar.







4ºLUGAR: WESLEY SAFADÃO - AR CONDICIONADO NO 15



A música Ar Condicionado no 15, lançamento 2017 de Wesley Safadão, é uma canção do cantor brasileiro que ganhou clipe oficial e faz parte do álbum intitulado "WS In Miami Beach". Num ritmo cadenciado do forró com uma certa pegada de arrocha, o som tem destaque para o seu refrão sugestivo e fácil de cantar. Falando na letra de uma pessoa que está com o ar condicionado no mínimo, mas mesmo assim está suando, o amor que eles fazem é excepcional. Na voz de Wesley Safadão.


3ºLUGAR: THIAGO BRAVA FT JORGE- DONA MARIA

A música Dona Maria, lançamento 2017 de Thiago Brava com part. de Jorge (e Mateus), é uma canção dos cantores brasileiros que ganhou clipe oficial. Num ritmo que traz uma mistura cadenciada de sertanejo e reggae, o som tem destaque para sua melodia de violão e para o seu refrão fácil de cantar. Falando na letra de um homem que pede a uma senhora brava para namorar a filha dela, ele pede desculpa pela ousadia e pelos trajes de maloqueiro, mas não vai aguentar ficar longe desse desenho do céu. Nas vozes de Thiago Brava e Jorge.
 .



2º LUGAR: ANITTA - VAI MALANDRA

A música Vai Malandra, lançamento 2017 de Anitta com a part. de vários artistas, como Mc Zaac e o rapper norte-americano Maejor, é uma canção da cantora brasileira que ganhou clipe oficial e sucede sua parceria com J Balvin. Num ritmo que mistura pop funk, música eletrônica e hip-hop, o som tem destaque para o seu refrão e para o seu conteúdo menos familiar (mais erótico). Falando na letra de uma mulher que adora provocar os homens e não vai parar de rebolar, ela só espera que eles aguentem a pressão. Nas vozes de Anitta e convidados.



1º LUGAR: GUSTTAVO LIMA - EU VOU TE BUSCAR


A música Eu Vou Te Buscar (Cha la la la la), lançamento 2017 de Gusttavo Lima com part. de Hungria Hip Hop, é uma canção dos cantores brasileiros que ganhou clipe oficial. Num ritmo que mistura sertanejo, reggaeton e hip hop, o som tem destaque para seu ritmo contagiante e para o seu refrão, tendo chegado ao 1º lugar da Parada de Músicas Sertanejas Mais Tocadas em setembro de 2017. Falando na letra de uma mulher que deixa lugares mais feios sem a sua beleza, tem um homem que não consegue mais viver sem a presença dela. Nas vozes de Gusttavo Lima e Hungria Hip Hop, ouçam o som de Eu Vou Te Buscar no vídeo acima e acompanhem o clipe oficial, esse que têm claras influências dos cenários e coreografias utilizados no vídeo do grande hit Despacito.


TOP 5* INTERNACIONAIS


5ºLUGAR:DEMI LOVATO- SORRY NOT SORRY 

Sorry Not Sorry, faixa do recente álbum Tell Me You Love Me, é definitivamente uma música que tem o mais recente do pop: melodia crescente, batida agitada e clipe com piscina.




 4ºLUGAR: ALOK- HEAR ME NOW


Desde “Hear Me Now”, todo mundo fica de olho nos próximos passados de Alok. O DJ e produtor brasileiro eleito um dos melhores do ano no planeta por uma revista especializada trouxe este ano “Never Let Me Go”. E se em time que está ganhando não se mexe, a faixa é novamente uma parceria com Bruno Martini e Zeeba, os mesmos de “Hear Me Now”. Deu certo! Ela é a segunda música de Alok com maior ouvintes no Spotify.





3ºLUGAR: ED SHEERAN PERFECT

A balada de clima nostálgico e melancólico chega com cara de que será um dos grandes sucessos desse final de ano (e também de 2018), até pelo peso dos nomes envolvidos na gravação. Lançada originalmente em "÷", o terceiro álbum do cantor e compositor, "Perfect", é uma das duas canções do trabalho compostas exclusivamente por Sheeran.




2º J.BALVIN E WILLY WILLIAN - MI GENTE

"Mi gente" é uma canção do cantor colombiano J Balvin e do artista musical francês Willy William. Foi composta por ambos em conjunto com Adam Ashadally, Andrés David Restrepo e Mohombi Nzasi Moupondo, sendo produzida por William. A faixa foi lançada como single em 30 de junho de 2017 pela Scorpio e Universal Latin. Em 28 de setembro do mesmo ano, foi lançado um remix com a participação da cantora estadunidense Beyoncé, o qual apresenta composição e produção da própria, com escrita adicional de Terius Nash. Esta versão foi lançada também pela Scorpio e pela Universal Latin, em parceria com a Republic Recordse a Parkwood Entertainment.



1º LUIS FONSI- DESPACITO

"Despacito" é uma canção do cantor porto-riquenho Luis Fonsi e do rappercompatriota Daddy Yankee. Foi composta por ambos em conjunto com Erika Ender, sendo produzida por André Torres e Mauricio Rengifo. A faixa foi lançada como single em 13 de janeiro de 2017 pela Universal Latin; em 17 de abril seguinte, foi lançado um remix com vocais do cantor canadense Justin Bieber, com escrita adicional de Bieber, Jason Boyd e Marty James Garton, pelas gravadoras Universal Latin, Island, Def Jam e Republic, o qual foi posteriormente enviado para rádios mainstream e rhythmic estadunidenses.
Impulsionada pelo remix com Bieber, "Despacito" tornou-se a primeira canção maioritariamente em espanhol a alcançar o topo da Billbaord Hot 100 desde "Macarena (Bayside Boys Remix)", do duo Los Del Río, em 1996, bem como a primeira a liderar a UK Singles Chart sem ser de língua inglesa desde "Gangnam Style", do cantor sul-coreano Psy.

Em julho de 2017, tornou-se a canção com o maior número de streamings da história, acumulando um total de 4,6 bilhões de reproduções em plataformas do tipo.Em 4 de agosto de 2017, seu vídeo musical converteu-se no mais assistido no portal YouTube, sendo o primeiro a ultrapassar a marca de três bilhões de visualizações.

Obrigada e até a próxima!!!





21/12/2017

Meus cinco melhores livros lidos em 2017!

Olá leitores, do blog Violeta Literária!

Tudo bem com vocês? Espero que esteja todos muito bem.

Ano de 2017 foi um ano muito intenso pra mim. Conheci muitos autores Nacionais alguns internacionais, e fiz um monte de amizade literária esse ano. E confesso pra vocês que foi muito, mais muito difícil escolher os meus cinco mais queridinhos livros lidos em 2017. Tem de vários gêneros, mas que predominou foi o romance sofrência, rs, cada história que me fez derramar litros de choro, mas chega de conversa e vamos para meus top five...e depois no final tenho que comentar de uma série que amei(bônus). 



5º Lugar: NÃO CONTE NOSSO SEGREDO- JULIE ANNE PETERS

Em breve terá resenha sobre esse livro é um romance entre duas adolescentes  femininas isso mesmo um livro que mostra todas as dificuldades de um relacionamento entre pessoas do mesmo sexo, achei muito bacana e tanto héteros ou LGBTQ iram se identificar e entender que preconceitos só faz mal para quem pratica o romance entre Ceci e Holland foi de uma sutileza incrível e autora de uma riqueza na escrita e é por isso que ele está entre os meus queridinhos de 2017.




4º Lugar: O SAFADO DO 105- MILA WANDER

Mais um livro que em breve será resenhado e esse livro foi o salvador, pois ele me tirou da ressaca do livro Proibido, claro que saí da fossa com o nosso querido Calvin, foi uma leitura fácil e rápida embora acho que deveria ter mais desenvolvimento nesse livro, mas dei muitas risadas, fiquei com raiva e mais um misto de sentimentos com Raíssa e o safado, e mais um ponto forte desse livro o que contribuiu para que ele esteja no quarto lugar foi as citações da minha linda e amada escritora preferida a Clarice Lispector.



Vamos para os três queridinhos?

3º lugar: O AR QUE ELE RESPIRA- BRITTAINY C. CHERRY

Esse livro foi o primeiro li em 2017 e confesso que ele não poderia ficar de fora, já temos resenha dele aqui no blog, esse livro fala de dois corações feridos e como superar grandes tragédias, apenas com o amor...Sou completamente apaixonada por esse livro.



2º Lugar: PROIBIDO - TABITHA SUZUMA

Nessa semana teremos resenha coletiva desse livro, e confesso que esse livro me deixou bem perturbada, mas comecei a ler sem nenhum julgamento, e me entreguei literalmente para esse amor tão complicado e de um tema tão forte que é o incesto, mas a autora me fez chorar muito em diversos pontos, e esse livro seria o primeiro da minha lista mas li um outro que fiquei extremamente apaixonada...



PREPARADOS PARA O PRIMEIRO LUGAR?

1º Lugar- SORRISOS QUEBRADOS -SOFIA SILVA

Nossa o que falar desse livro, ele tem resenha no blog, esse livro me fez chorar desde o prólogo, naveguei nessa linda história onde aborda vários temas importantes e polêmicos e onde André e Paola e a pequena Sol com passados e traumas do passado se encontram e se unem para viver uma vida feliz...Não tem como não se apaixonar por esse livro e ainda mais que a Sofia é uma querida tive o prazer de conhecer.



E não podia deixar de comentar sobre a série garota do Calendário foi uma série que teve amor, sexo, risadas, sofrimento, e esse ano finalizei essa série...Então foi essa a minha série escolhida de 2017.


Me contem os seus top five....


Até a próxima!

Beigiginhos!