21/06/2018

Lançamento do mês de Junho!!!

Olá meus amores como estão?
Eu estava morrendo de saudades de vocês e hoje trago a todos vocês meus queridos leitores, algo que eu estava aguardando por 6 anos!! Então vamos lá vamos falar sobre o novo álbum da Christina Aguilera, Liberation dá minha Xtina.Então bora lá meus amores!


Já se passaram quase vinte anos da estreia de Christina Aguilera, feita em seu auto-intitulado álbum do ano de 1999. Se o tempo parece muito,ainda mais quando se ouve o Liberation,uma declaração clara de seu crescimento.
Foram -se os tempos de ``Genie In a Bottle`` e `´What a Girl Wants´` em 2018, a cantora nunca esteve tão forte e confiante e segura de si, e seu último álbum é a prova disso.

Claro que Christina foi uma das criadoras do som dos anos 2000 e sua evolução não é de modo algum um testamento contra seu trabalho de início de carreira. O que mudou na realidade é, principalmente,a representação de sua figura. Enquanto em Christina Aguilera a popstar era um dos símbolos do mercado da música pop, Christina agora aparece como dona de si mesma e sobressai principalmente,por sua própria arte. Casado com o fato de quem tem uma das maiores vozes da geração, Liberation é muito bem recebido.



Passaram-se seis anos de seu último álbum, Lotus, o disco menos vendido de sua discografia. Na pausa, Xtina cuidou de sua família e passou temporadas em The Voice e fez participação em Nashville, mas nunca se afastou realmente dos lançamentos: mesmo no intervalo entre o último álbum e Liberation,
a cantora acumulou sucessos na parada e nas premiações, através de parcerias muito bem sucedidas,como ´´Fell This Moment`´, com Pitbull e ´´Say Something´´, com A Great
Big Word. Mas o novo lançamento marcou seu retorno real e pode ser até chamado de comeback, já que disco acompanha, também, a primeira turnê de Christina em uma década.

Liberation traz duas faixas antes de sua primeira música de verdade. ´´Liberation´´ e 

´´Searching For Maria´´ são escolhas intrigantes para o começo do álbum, e soam claramente como um renascimento.
Enquanto a primeira é um instrumental crescendo e belo, a segunda faixa é apenas um trecho vocal de ´´Maria´´, de A Noviça Rebelde, como uma interpretação melancólica do musical, descrita pela própria Xtina como uma busca pela versão mais infantil de si mesma, seguindo com ´´Maria´´ a cantora quase que aperta um reset em si mesma, e descreve o sentimento real de se encarar no espelho ir atrás de seus sentimentos mais primitivos: ´´como eu me rebaixei tanto, quando eu fiquei tão fria?
Dentro de minha mente eu acreditei em minhas próprias mentiras´´. O álbum parece pretender trilhar este caminho, mas nunca tão fortemente quanto em sua terceira faixa, um definitivo destaque de Liberation.
Seguindo com ´´Sick Of Sittin´´, Christina experimenta com um som muito mais pesado em guitarras, e exemplifica como o poder de sua voz combina com a tensão criada. A partir de então, ela trata de auto-afirmação e brilha quanto a entrega o dueto com Demi Lovato, ´´Fall In Line´´. Quando duas das maiores vozes do pop cantam juntas a balada empoderadora, o álbum atinge seu auge e exemplifica um de seus maiores valores:Liberation consegue falar de temas relevantes a partir de uma voz pessoal, sem soar egocêntrico, panfletário ou gratuito.
Ao menos tempo,ele equilibra as questões mais intensas com faixas leves e despretensiosas e, talvez, menos chamativas,
como ´´Right Moves´´ e ´´Like I Do´´, motivo pelo qual o disco,infelizmente,perde o fôlego em sua segunda metade. Mesmo assim,ele ainda atinge belos momentos em ´´Twice´´ e ´´Masochist´´ e surpreendentemente fecha em uma balada romântica e doce, ´´Unless Its With You´´
Com um piano melancólico ao fundo, o disco encerra com uma performance fortíssima de Xtina, que em um contexto f, traz um de seus melhores momentos vocais.
Liberation se sustenta no poder de sua autora, que batalha contra suas próprias feridas e cicatrizes da vida. Aguilera trouxe pra nós fãs e pra essa era nova um álbum mais e mais maduro e abre portas para caminhos que exploram mais profundamente o seu potencial de diva.

Opinião Mari

Eu esperei por 6 anos por isso como fã da Christina Aguilera há 17 anos.
Nunca vi um álbum tão incrível tão maduro tão segura de si mesma.
Felicidade pelo álbum estar em 65 países em 1ºlugar, isso, só nós enchem de orgulho no coração como fãs e por todo o amor que temos a nossa Xtina.
Liberation é um álbum que passeia por diferentes sons,influências e estilos.
Minhas favoritas Maria e Twice....
Músicas que me fazem ser forte por cada buracos, cada feridas e cada cicatrizes que a vida nos proporciona..
Então é isso meus amores deixam a opinião de vocês aqui pra mim vou amar debater e ler e troca ideias sobre o álbum da Xtina.
Beijos...

Fonte:Omelete.com

15/06/2018

Espada de Vidro


Olá queridos leitores! Como estão? Espero que bem.
Vamos dar continuidade a nossa série da garota elétrica? Hoje iremos falar sobre Espada de Vidro, segundo livro da série A rainha Vermelha.😉

Título: Espada de Vidro
Autora: Victoria Aveyard
Editora: Seguinte
N° páginas: 496
  



  
Sinopse.

         O sangue de Mare Barrow é vermelho, da mesma cor da população comum, mas sua habilidade de controlar a eletricidade a torna tão poderosa quanto membros da elite de sangue prateado. Depois que essa revelação foi feita em rede nacional, Mare se transformou numa arma perigosa que a corte real que esconder e controlar.
         Quando finalmente consegue escapar do palácio, Mare descobre algo surpreendente: ela não era a única vermelha com poderes. Agora, enquanto foge, a garota elétrica tenta encontrar e recrutar outros sangue novos como ela, para formar um exército contra a nobreza opressora. Essa é uma jornada perigosa, e Mare precisará tomar cuidado para não se tornar exatamente o tipo de monstro que ela está tentando deter.

  



 "Se sou uma espada, sou uma espada de vidro, e já me sinto prestes a estilhaçar." 

Neste segundo livro a guerra entre sangue novos contra prateados continua mais forte que nunca pois Mare e Shade Barrow, Farley e Cal começam a busca e recrutamento dos sangue novos tentando encontra-los antes de Maven.
No final de A Rainha Vermelha, Mare e Cal são resgatados por Faley, Shade e Kilorn e levados para o esconderijo aonde a Guarda Escarlate se esconde. Lá Mare reencontra sua família e percebe que o Capitão Farley não é o aliado que achava que seria. Logo quando chegam ele prende Cal e deixa claro a Mare que não liga e não confia nos sangue novos que para ele são todos uma aberração.
Mas sabemos com a Rainha Vermelha é teimosa e não esquece seus irmãos sangue novos. Ao tentar salvar Cal da prisão que se encontra, tudo leva a entender que ela foi traída e acaba ficando presa com o príncipe exilado. E como esperado não dura muito tempo.
Barrrow e seus companheiros fogem e vão em busca dos nomes deixados no livro de Julian, eles encontram alguns, porém Maven e sua mãe também já deram andamento a está busca e quando Mare chega para encontrar alguns, os encontra mortos. Cada vez que isso acontece ela se culpa, sofre, pensa em desistir e junto a cada corpo Maven deixa um bilhete a sua amada rival. Sim, amada. Ele a ama, do seu jeito louco, doentio e estranho, mas a ama. 

"Olhe para mim, por favor. (...)
Eu disse que ia encontrar você."

Certo dia eles se encontram em sua busca incomum, Maven possui uma máquina feita especialmente para segar, paralisar e fazer a garotinha elétrica sentir dor. Maven chega até a deixar sua marca em Mare, um M enorme em sua clavícula. Shade consegue salvar sua irmã dessa tortura, mas sua mente e seu corpo nunca esquecerão.
Em uma nova busca eles encontram um sangue novo que vê o futuro, Jon ele os alerta da prisão de Corros, lugar onde a Rainha Elara e seu filho Maven escondem tanto os sangue novos que encontram quanto os prateados que de alguma forma podem ameaçar seu lugar no trono. Eles conseguem salvar vários prateados e sangue novos, porém na batalha uma parte do coração da garota elétrica morre e com a visão do acontecimento seus poderes explodem deixando sua marca, um corpo eletrocutado que irá ferir tanto o futuro rei quanto como ela já está ferida.
Jon ao mesmo tempo que os ajudou, também os traiu. Em uma nova batalha para salvar a Legiãozinha. Uma legião de crianças, 5 mil para sermos exato que servirão em frente a uma batalha entre prateados. Nela está o irmão de Cameron, uma garota mais teimosa e rebelde que Mare capturada antes de entrarem na prisão de Corros, ela também ficou presa lá e conseguiu fugir. Cameron sai junto com Mare e mais alguns recrutas para salvar seu irmão e as outras crianças, mas, como disse Jon os traiu. Qual foi sua traição? Avisar Maven da chegada dos nossos mocinhos.
A garota elétrica fica sem saída. E o seguimento disso temos de ver em A Prisão do Rei.

"Você exibiu o corpo dela - ele sussurra, roçando os lábios contra o meu ouvido enquanto fala por entre os dentes cerrados. Há um tom de dor em sua voz. - Vou fazer o mesmo com você."

 É claro que amei novamente a história e já estou devorando A Prisão do Rei para vir resenhar com vocês. 
 E não se esqueçam do presentinho que temos no livro, um marcador igual a capa do livro para você já completar a coleção. Quem tem coragem é só recortar e pronto, livro e marcador juntinhos. Eu particularmente morro de dó de destacar 😊





Nos acompanhe nessa série eletrizante, cheia de amor, ódio, guerra e lição do que deve ser uma união. Vamos para o terceiro livro? 😉



12/06/2018

Evento da Livros Prontos -09/06/2018

Olá queridos leitores ! Como vocês estão?  Espero que estejam muito bem! Neste final de semana que passou fui em um evento da Editora Livros Prontos, e tive o prazer de conhecer várias autoras e a querida Dani e Lene da LP, e outras pessoas fantásticas. e ainda estava bem acompanhada com uma das parceiras do Blog a Rosa do (Estação Ler e Sonhar)  e uma Violetinha a Renata Santos.




Foi um evento muito delicioso, num ateliê lindo no Bexiga, fomos muito bem tratadas e que seja o primeiro de muitos eventos com essa Editora que está em ascensão e tem tudo pra ter cada dia mais sucesso.

Eu com a querida Carol Moura amei conhecê-la e ainda mais logo menos conhecer esse príncipe dessa história. 

Agora eu com a doce Olivia Molinari adorei conhecer e quero saber o que o homem da capa odeia a chefe dele rs.




Teve um bate papo com os autores Gil Fox, Olivia Molinari, Carol Moura, Kevin Attys e Awf Santos, com eles falando sobre os seus livros e respondendo perguntas dos convidados e da Live.Foi muito divertido com direito a um coquetel e sorteios de rifa e brindes.
Foi uma tarde maravilhosa já queremos o próximo.


           Rosa, eu e a Renata adorei passar a tarde com vocês. 

                      Foto do look 

Então é isso e até o próximo evento!

Beigiginhos e até a próxima!



07/06/2018

Casada até Quarta


Olá queridos leitores, como estão? Esperamos que muito bem.
Viemos hoje falar sobre Casada até Quarta um dos livros da: Série Noivas da Semana de Catherine Bybee. Vamos ver o que essa fofura de história nos conta?! 😉

 FICHA TÉCNICA

Título: Casada até Quarta
Autora: Catherine Bybee
Editora:  Verus
N° páginas: 196





Sinopse

O contrato de casamento deles previa tudo... menos se apaixonar. O primeiro livro da série Noivas da Semana Black Harrison: rico, nobre, charmoso... e precisando de uma esposa até quarta-feira. Para isso Black recorre  a Sam Elliot, que não é o homem de negócios que ele esperava. Em vez disso, ele encontra Samantha Elliot, linda e exuberante, com a voz mais sexy que ele já ouviu. Samantha Elliot: dona da agência de casamentos Alliance, ela não está no menu de pretendentes... até Black lhe oferecer milhões de dólares por um contrato de uma ano. Não há nada de indecente na proposta dele, e além disso o dinheiro vai ser muito útil para quitar as contas m´dicas da família dela. Samantha só precisa disfarçar a atração que sente por seu novo marido e evitar  todo custp a cama dele. Mas os beijos ardentes de Black e seu charme inegável se provam mito difíceis de resistir. Era um contrato de casamento que previa tudo... menos se apaixonar. Agora só resta a Samantha proteger seu coração até que o contrato chegue ao fim.





Black Harrison, nada mais é que um futuro Duque, pois para conseguir tal título deixado por seu pai precisa ceder há algumas exigências que o falecido deixou em testamento, só assim Black herdaria toda a herança do pai. Black não tinha uma boa convivência com o Duque, mesmo depois de sua morte magoas do passado ainda estão vivas em sua memória e coração.
Em seu testamento o Duque impõe que para que o filho receba toda sua herança, seu titulo e que até mesma sua filha e esposa usufruam deste, Black teria de estar casado antes de completar 36 anos de idade. Harrison por sua vez, mesmo com algumas namoradas não deseja casar-se com nenhuma delas, na verdade nem confia nelas, então decide contratar uma agencia de casamentos a Allience, dirigida por Sam Elliot.
Sam Elliot, teve uma vida conturbada graças aos erros que seu pai cometeu, desde depoimentos a policiais, telefone grampeado, namorado que a usou para obter informações das falcatruas do pai, suicídio da mãe e as sequelas que uma tentativa de suicídio deixou na irmã que após isso vive internada numa clinica especializada. Sam se virou como pode, cuidou da irmã como pode e deu inicio a uma agencia de casamentos para ajudar nas despesas.
Ao se encontrarem Black que esperava ansioso por Sam aguardava um homem para iniciar seu, digamos, negócio. Mas Sam na verdade é Samantha, uma mulher inteligente, com um timbre de voz que mexe com os sentidos de Black.  Sam havia se preparado para surpreender seu cliente e assim fazer sua empresa expandir, ela sabia de praticamente tudo sobre a vida de Black o deixando surpreso. Depois de analisar as candidatas que Sam o indicou Black decide mudar um pouco o rumo das coisas. Aquela mulher de algum jeito  mexeu com seus sentidos e ele se viu pesquisando sobre a vida da dona daquela voz que o seduziu, decidindo assim que teria ela como sua esposa.


" - Por que eu?
- Por que não você?...
- Como seria um casamento com você?"

É claro que Sam levou um choque, mas a vida de sua irmã, sua saúde também estava em jogo, pois Black garantiu que daria tudo que elas precisassem e ajudaria a pagar o tratamento na clinica, que por sinal era uma fortuna. Sendo assim foram para Vegas e lá se casaram dando inicio ao plano de um casamento que duraria somente um ano. Eles teriam de convencer a família do futuro Duque e aos advogados de seu falecido pai que havia amor entre eles, mas, isso seria fácil de mais e eis que surge uma nova parte do testamento a qual ninguém sabia da existência e somente com esta realizada a herança continuaria nas mãos da família.

Eu particularmente gostei da história, não é pesada, tem algumas intrigas, partes engraçadas, já que Sam é mestra nisso e Black se deixa encantar e descobrir que também pode deixar a tensão do dia para trás, a descoberta dele de que é a primeira vez que ama mulher e confia nela, chega ser encantador. 
O indico para quem está com aquela ressaquinha literária, ele é um livro de poucas páginas que vai te ganhando a cada momento e fazendo você querer saber logo o desfecho. Comecei a lê-lo pelo app da Kindle, porém era somente uma amostra 😕 e como sou apaixonada por livros físicos 😊 decide que queria essa gracinha na minha futura estante e o comprei... agora quero a série toda. Ainda mais que cada um dos livros fala de um casal diferente.
Que tal lermos o próximo juntos? Leiam e nos conte o que achou.
Até o próximo livro. 😘






03/06/2018

Um de Nós está Mentindo !



Olá leitores tudo bem com vocês? Espero que estejam todos bem? Hoje vim trazer um livro que estava muito a fim de ler, que é da Editora Galera Record, o livro é o Um de Nós está mentindo. Continua a ler a resenha e venham ver o que eu achei.


FICHA TÉCNICA

Um de nós está mentindo
Autora: Karen McManus
Editora: Galera Record
Ano desta edição: 2018
384 páginas

SINOPSE

Cinco alunos entram em detenção na escola e apenas quatro saem com vida. Todos são suspeitos e cada um tem algo a esconder.Numa tarde de segunda-feira, cinco estudantes do colégio Bayview entram na sala de detenção: Bronwyn, a gênia, comprometida a estudar em Yale, nunca quebra as regras.
Addy, a bela, a perfeita definição da princesa do baile de primavera.Nate, o criminoso, já em liberdade condicional por tráfico de drogas.Cooper, o atleta, astro do time de beisebol.
E Simon, o pária, criador do mais famoso app de fofocas da escola.Só que Simon não consegue ir embora. Antes do fim da detenção, ele está morto. E, de acordo com os investigadores, a sua morte não foi acidental. Na segunda, ele morreu. Mas na terça, planejava postar fofocas bem quentes sobre os companheiros de detenção. O que faz os quatro serem suspeitos do seu assassinato. Ou são eles as vítimas perfeitas de um assassino que continua à solta?
Todo mundo tem segredos, certo? O que realmente importa é até onde você iria para proteger os seus.



Nos dá a sensação de que estamos vendo sabe aqueles filmes de adolescentes que acontece nos colégios americanos. Com personagens clichês como a patricinha popular (Addy), a nerd (Bronwyn), o atleta (Cooper), o bad boy (Nate) e o excluído (Simon).
Já no primeiro capítulo nos deparamos com uma armação em que esses alunos foram parar na sala de detenção, todos com o mesmo motivo, a utilização de celulares na sala de aula, e antes do horário do fim do castigo, apenas 04 saem vivos, e logo assim viram suspeitos.
A história se desenvolve na narrativa em primeira pessoas com as perspectivas de cada personagem, e os segredos de cada um veem a tona, demostrando que mesmos com a morte de Simon, os segredos foram revelados. E com isso as vidas deles são transformadas.
Conforme vamos lendo a trama se desenvolve e com isso desvendamos o mistério.
O livro tem uma capa bem diferente, no seu livro de estreia a autora nos prende a cada virada de página, mesmo sabendo que se trata de um young adult/ thriller. clichê.
Mas no geral, gostei sim do livro. Embora esperasse mais pela premissa inicial.
Vocês já leram? Me digam o que acharam?


30/05/2018

La Casa de Papel Parte 1.

Olá leitores do Blog Violeta Literária! Como vocês estão? Espero que estejam bem...Hoje vim junto com a Mari falar sobre uma das séries mas comentadas do momento isso mesmo LA CASA DE PAPEL, venham conferir o que achamos da 1ª temporada!








Gêneros: Séries, Séries Policiais, Crime, Drama.
Criação: Álex Pina.
Temporada: 1.
Episódios: 13.
Emissoras: Antena 3, Netflix
Elenco: Álvaro Morte – Professor
              Itziar Ituño – Raquel Murillo
              Pedro Alonso – Berlín
              Alba Flores – Nairóbi
              Jaime Lorente – Denver
              Ester Acebo – Mónica Gaztambide
              Paco Tous – Moscou
              Úrsula Corberó – Tókio
  Miguel Herrán - Rio
              Enrique Arce -  Arturo Román
              Darko Peric – Helsinki
              Fernando Soto – Ángel
              Juan Fernández – Coronel Prieto
              María Pedraza – Alison Parker
              Kiti Mánver – Mariví

Sinopse

1ª Temporada

Oito Ladrões se trancam com reféns na Casa da Moeda da Espanha. Seu líder manipular a polícia para realizar um plano. Será o maior roubo da história, ou uma missão em vão?
A 1º Temporada consiste em 13 Episódios que gira em torno de 40 a 50 minutos.


Opinião Byh

 Só assisti duas séries até o final, nunca vi todos os episódios das outras. Mas tenho certeza absoluta que essa é A Melhor Série de todos os Tempos.
 La Casa de Papel te prende desde o primeiro episódio. até o último da 1ª temporada  de um jeito ( na minha humilde opinião) que você não tem pra onde correr além de saciar sua vontade e curiosidade de ver o que vai acontecer nos próximos episódios, como  eles vão sair de tal situação, como vão resolver tal problema “inesperado” que surgiu. Seu autor soube muito bem aonde encaixar cada peça, desde a seleção do Professor a buscar seus parceiros no roubo, até aos detalhes de tudo que ocorre em cada cena.
 E os atores, o que dizer deles? São simplesmente maravilhosos. Vamos falar um pouco deles? Arturo que todos odeiam, faz seu papel muito bem, se sua intenção era ser o mocinho que ninguém gosta, então ele merece o Oscar kkkkk. Berlin, o vilão mais charmoso de toda história, aquele que muitos sentem raiva por suas atitudes e ao mesmo tempo acaba se apaixonando e o desejando.
Tókio há quem ame e quem ache que ela é a abençoada que sempre leva o plano merda abaixo. Rio, o novinho delicinha, apaixonado pela amada e odiada Tókio, aquele amor que poucos ainda esperam em um jovem homem.
E o Professor?! Aaahhh!!! O Professor, ou podem o chamar de Salva, como ele se apresenta a inspetora, ou seu verdadeiro nome que acho que ainda não vamos falar hehe. A melhor pessoa, o Cabeça da porra toda, A Mente brilhante, aquele cara no qual você não da por ele, mas do nada ele chega e Paahhh, mostra pra o que veio.
Se na primeira temporada muitos já viraram fãs enlouquecidos, imagine como ficaram depois de ver o desfecho desse Esplêndido assalto.


Opinião Mari 

La Casa De Papel é aquela série que já começa com uma abertura musical incrível. É viciante do início ao fim é uma adrenalina eletrizante. Amei cada personagem, a história de vida de cada um dos assaltantes, os motivos pelo que cada um ali passou na vida.É o tipo de série que você vibra,chora, entra literalmente de cabeça.O professor na minha modesta opinião é o melhor, é o cara, arma tudo com uma ideologia incrível.






29/05/2018

Eram Olhos enfeitados de Sol


Olá leitores,  como vocês estão? Espero que vocês estejam bem.  Hoje vim falar de um livro que é de um projeto de BOOKTOUR da Editora Penaluz, que fui indicada pela Ester do blog Stelivros.



FICHA TÉCNICA


Autor (a): Dênisson Padilha Filho

Editora: Penalux
Ano: 2017
Nº de páginas: 94

Sinopse
Texto enxuto e ao mesmo tempo recheado de poesia, esta narrativa veloz e fatalista arrebata a atenção do leitor por meio de um fluxo de consciência que conta a história de um homem de volta à sua pequena cidade natal. O personagem deve assumir a herança de uma madeireira em falência. A certa altura a trama assume ritmo de thriller, pois tudo se transforma para o protagonista. Nesse exercício, o narrador convoca o leitor não só à diversão com a história, mas à inquietação de visitar, cada um, suas próprias feridas.



O livro ele é dividido por apenas 03 capítulos:

No primeiro capítulo narra-se a vida de uma pessoa que perdeu seu pai e herdou uma marcenaria que estava a beira da falência, em uma cidade pacata, onde o protagonista tinha como sua única diversão ir em um bar e fazer sexo com as professoras universitárias da cidade vizinha.

Já no segundo somos levados entre os devaneios do narrador a uma violência real.

E no terceiro capítulo um final muito....(suspense)  vamos dizer,  peculiar .



Opinião da Gi

Eram olhos enfeitados de Sol é um livro narrado  do começo ao fim, personagens não tem nomes, e somos envolvidos por devaneios e alucinações do narrador, mas de uma forma poética nos traz para nossas vidas e nos fazendo refletir.

Obrigada a Editora Penalux, por me permitir a participar desse Booktour.